Veja como funciona o algoritmo capaz de prever ataques cardíacos em pacientes

O algoritmo analisa os dados dos sistemas de monitoramento já existentes nos hospitais (Foto: iStock via BBC)

Imagine se você pudesse saber que vai sofrer um ataque do coração horas antes de ele ocorrer. Embora pareça cena de filme ou série de ficção científica, isso já é realidade – pelo menos para alguns pacientes de hospitais nos Estados Unidos.

A FDA, agência americana que regula os setores de medicamentos e alimentos, acaba de aprovar o primeiro algoritmo que pode prever mortes repentinas por episódios cardiorrespiratórios. Trata-se de um software que analisa os dados de pacientes monitorados em hospitais e calcula o risco que existe de eles virem a sofrer um ataque cardíaco ou uma falha respiratória.

O algoritmo, que foi desenvolvido utilizando os registros médicos de milhares de pacientes, pode detectar qualquer um desses episódios até seis horas antes de sua ocorrência e alertar médicos e enfermeiros.

G1
14:20:00

Toninho Moré
Toninho Moré, 60 anos. Jornalista, blogueiro, radialista, publicitário, fotógrafo, economista e escritor. Nascido em Presidente Venceslau. Editor da Revista Radar, produtor do Blog do Toninho, dono da Agência Moré Comunicação.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *