Último filme de Robin Williams finalmente chegará aos cinemas

Em um só filme, Simon Pegg interpreta um ser humano com poderes divinos, Robin Williams dubla seu maníaco cachorro falante e os membros do icônico Monty Python emprestam suas vozes para um grupo de alienígenas que desejam fazer um teste para decidir se a Terra merece ser salva ou exterminada de vez. Bom demais para ser verdade, certo? Errado. O filme não só existe como será lançado nos Estados Unidos. Ainda, além de ser uma das maiores reuniões de talentos cômicos dos últimos tempos, Absolutamente Impossível também é o último longa-metragem de Williams.

A obra, que também será o derradeiro trabalho do diretor e comediante Terry Jones antes de embarcar em sua aposentadoria, motivada pela sua demência, correu o risco de não ser terminada por causa da morte de Williams – ele se suicidou em agosto de 2014 -, mas Pegg e os produtores do filme descobriram que o astro de filmes como Sociedade dos Poetas Mortos e Gênio Indomável já havia gravado toda a sua participação para Absolutely Anything (título original). Escrito por Jones e Gavin Scott, a comédia também é o primeiro filme de ficção do Monty Python em mais de 30 anos.

Lançado diretamente em DVD no Brasil, Absolutamente Impossível deve ser distribuído em escala limitada nos cinemas estadunidenses.

De sua opinião