TCU bloqueia bens de Dilma por prejuízo à Petrobras com compra de Pasadena

Refinaria Pasadena Texas Petrobras (Foto: Richard Carson/Petrobras)

O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu nesta quarta-feira (11) bloquear os bens de ex-membros do Conselho de Administração da Petrobras, entre eles a ex-presidente Dilma Rousseff, para ressarcir a estatal por prejuízo de US$ 580 milhões causado pela compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

Além de Dilma, foram bloqueados os bens do ex-ministro Antônio Palocci; Claudio Luis da Silva Haddad; Fábio Colletti Barbosa; Gleuber Vieira; e do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli.

Todos podem recorrer da decisão, tanto no TCU quanto na Justiça. A decisão do bloqueio tem efeito imediato mas, para que ocorra efetivamente, é preciso que o TCU receba a relação de bens.

O valor do bloqueio é solidário, o que significa que bens de todos ficam indisponíveis até que chegue ao valor de US$ 580 milhões.

A área técnica da corte de contas explicou que o bloqueio vale até que o mérito do processo seja julgado, ou seja, até que o TCU condene ou absolva os citados.

G1
16:15:00

 

1 Comment

  1. Manchetes nos Jornais em 23/07/2014: TCU inocenta Dima Rousseff de prejuizo com refinaria de Pasadena: Manchete 11/10/2017: TCU bloqueia bens de Dilma, Palocci, e Gabrielli por compra em Pasadena, vai entender só pode ser porque ela sai na frente na disputa do Senado por Minas Gerais, ou tão com medo do golpe ser cancelado?

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *