Raikkonen diz que decisão de sair da Ferrari não foi sua

Às vésperas do Grande Prêmio de Singapura, em Marina Bay, o piloto finlandês Kimi Raikkonen afirmou nesta quinta-feira (13) que não foi sua a decisão de deixar a Ferrari.

A escuderia italiana anunciou na última terça (11) que o monegasco Charles Leclerc substituirá Raikkonen na próxima temporada, enquanto o “homem de gelo” ocupará o lugar do jovem na Sauber, equipe “satélite” da Ferrari.

“Eu não decidi, mas o resultado foi este. Eu soube em Monza que iria para a Sauber, basicamente começamos a conversar a partir daquele momento”, admitiu o piloto de 38 anos.

Ainda segundo Raikkonen, ele “nunca pensou” em voltar para a escuderia suíça. “Foi assim porque apareceu a oportunidade”, acrescentou. Nesta temporada, Raikkonen faz sua melhor campanha desde que retornou à Ferrari, em 2014. O piloto está na terceira colocação do mundial, com 164 pontos, somando nove pódios nas 14 corridas realizadas até o momento.

O GP de Singapura, 15ª etapa da temporada de 2018 da Fórmula 1, acontece neste fim de semana (14, 15 e 16 de setembro). (ANSA)

13:40:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *