Protestos e estouro de tempo marcam primeira noite de desfiles no Rio

Carro da Grande Rio teve problema técnico na chegada à concentração e precisou de resgate (Foto: Fábio Tito/G1)

O primeiro dia do Grupo Especial do Rio foi marcado por protestos nos desfiles e por problemas da Grande Rio, que estourou o tempo após ter um carro quebrado e perderá 0,5 ponto pelo atraso.

A Paraíso de Tuiuti recontou a história da escravidão no Brasil e fez críticas à reforma trabalhista aprovada recentemente. O destaque ficou no último carro da escola, que levou um vampiro com uma faixa presidencial para a Marquês de Sapucaí.

Professor Leo Morais viveu o presidente vampiro da Tuiuti (Foto: Fernanda Rouvenat/G1)

A Mangueira condenou o corte de verbas da Prefeitura do Rio, que neste ano repassou menos dinheiro às escolas de samba, com críticas diretas ao prefeito Marcelo Crivella.

Carro alegórico da Mangueira (Foto: Marcos Serra Lima/G1)

G1
15:00:00

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *