Petróleo opera em queda em meio a sinais de aumento da produção de xisto

Os contratos futuros de petróleo operam em queda nesta terça-feira, em meio a novos sinais de que o aumento da produção de xisto parece limitar os preços.

Às 8h54, o barril do tipo Brent com vencimento em maio caía 0,22%, a US$ 64,81, enquanto o WTI para abril recuava 0,15%, a US$ 61,27.

De acordo com um relatório da Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês), braço de análise do Departamento de Energia dos EUA (DoE, na sigla em inglês), a extração de xisto deve subir 131 mil barris por dia em abril, para um recorde de 6,95 milhões de barris diários.

“O rápido crescimento da produção de xisto está tornando virtualmente impossível para os preços subirem”, de acordo com analistas do Commerzbank.

A EIA também aumentou a estimativa de produção de petróleo, dizendo esperar que o total aumente em 1,4 milhão de barris por dia em 2018. A produção total deve ficar numa média de 10,7 milhões de barris por dia neste ano, acima da previsão anterior de 10,6 milhões.

IstoÉ
10:45:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *