Petrobras analisa emissão de renda fixa no mercado nacional

A Petrobras está analisando uma emissão de renda fixa no mercado nacional, informou Ivan Monteiro, diretor executivo financeiro da estatal, durante teleconferência com investidores e analistas. Ainda segundo ele, não está sendo planejada uma captação no mercado internacional ainda neste ano.

Monteiro lembrou ainda que a Petrobras fez uma grande captação a custos inferiores aos que a companhia pagou em 2014. A esse respeito, a gerente executiva de Relações com Investidores, Isabela Carneiro da Rocha, citou que o custo dos títulos tem caído no mercado.

O diretor executivo financeiro afirmou também que a “grande notícia” positiva é que as fontes tradicionais de financiamento da empresa agora estão disponíveis. Ele disse que era “com grande alegria” que talvez, nos próximos 180 dias, a Petrobras voltaria a operar com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) à semelhança das operações com o Banco de Desenvolvimento da China.

Os executivos foram questionados sobre o tamanho do caixa da empresa por um analista do mercado. Monteiro disse que, do início de 2015 até agora, havia necessidade de a empresa fazer frente à perda do grau de investimento. “O caixa era uma preocupação muito grande, porque isso dificultava as opções de liquidez para a companhia”, afirmou.

“Hoje mantemos a liquidez… Consideramos as dificuldades adicionadas por riscos de natureza geopolítica, como as questões relativas à Coreia do Norte, e a volatilidade do preço do petróleo. Há também a questão da class action (ação coletiva) nos Estados Unidos”, disse Monteiro.

A respeito desse tópico, Isabela explicou que a projeção de fluxo de caixa é chegar ao fim do ano com saldo de US$ 20 bilhões.

Estadão Conteúdo
15:45:03

De sua opinião