Pele seca no inverno: o que usar e como evitar

Quando a mulher se prepara pela manhã para sair, ela aplica uma média de 9 produtos de beleza na sua face, corpo (mesmo que nem esteja com a pele seca) e cabelo. Isso a expõe a cerca de 126 químicos diferentes, de acordo com o pesquisador Rick Smith, co-autor do livro “Eliminando tóxicos químicos do nosso corpo e do mundo”. Já os homens, apesar de se exporem também a muitos químicos, isso ocorre em bem menos intensidade que as mulheres.

Será que todos esses químicos são tóxicos?

Com certeza não, mas há uma crescente evidência científica que certos compostos, especialmente químicos que causam desregulação hormonal, contribuem para doenças como diabetes, obesidade, distúrbios neurológicos, reprodutivos e até câncer.

Veja alguns exemplos de compostos a serem evitados que são encontrados nestes produtos.

Portanto evite-os:

Parabens: era considerado um fraco disruptor endócrino, mas hoje sabe-se que é 100 vezes mais tóxico em induzir tumores de mama do que se pensava originalmente. Presente em maquiagem, loções, shampoo, produtos para cabelo, desodorante, óleos de massagem e lixa de unha.

Triclosan: composto antibacteriano, causa o aparecimento de bactérias resistentes a antibióticos, além de comprometer o disruptor endócrino. Encontrado em sabonetes antibacterianos, cosméticos, desodorantes e produtos de barbear.

Politetrafluoretileno (PTFE): suspeito de ser carcinogênico, é encontrado em cremes antienvelhecimento.

Hidroquinona: encontrado em clareadores de pele e removedores de manchas de envelhecimento. Os estudos mostram correlação com câncer. Podem causar pigmentação na pele.

Fitalatos: encontrado em perfumes e fragrâncias. Causam disruptor endócrino.

Petrolatum: vaselina, óleo mineral e óleo de parafina: encontrado em muitos hidratantes e cremes para pele. A única exceção aqui é a vaselina branca, que é considerada segura. Porém, produtos com vaselina podem ser contaminados com hidrocarbonos policíclicos aromáticos.

Oxibenzeno e benzofenona: encontrado em protetores solares. Ainda há controvérsia sobre o seu real perigo, porém, o Dr. Rasanayagan, diretor de ciência na Breast Cancer Fund, em São Francisco, aconselha evitar.

Formaldeido: encontrado em produtos que alisam cabelo, como tratamentos com queratina. Quando aquecido, estes produtos liberam formaldeído, o que pode causar problemas nos olhos, tontura, náuseas e distúrbios respiratórios.

Agora, fique calmo. Você não precisa entrar em pânico e jogar fora tudo o que está no seu banheiro! Sugiro substituir cada produto por algum que seja mais saudável, sem esses tóxicos. Agora que você já sabe dos ingredientes mais importantes para evitar, veja minhas sugestões abaixo.

Usando produtos naturais para a pele seca e outros fins

Óleo de coco

Como ele contém um sinergismo de combinação de ácidos graxos saturados, mantém as membranas celulares, contribuindo para a beleza e hidratação da pele. Além disso, o óleo de coco já é um protetor solar SPF 15 natural, garantindo uma proteção adequada e prevenindo contra rugas e envelhecimento precoce.

Rugas

Se você quer evitar rugas, consuma bastante gordura saturada na sua alimentação, pois isso é essencial para evitá-las. O excesso de óleos poli-insaturados torna as membranas celulares de sua pele flácida, contribuindo para rugas. Além disso, esses óleos invariavelmente se rancidificam e contêm radicais livres, que lesam as células e contribuem para o envelhecimento.

Pele seca

Muitos dizem que pessoas com a pele seca devem beber bastante água, o que, infelizmente, não ajuda muito. Isso porque a água nas nossas células, na verdade, vem de metabolização das gorduras, enquanto que a maioria da água que você bebe vai para a corrente circulatória e então é excretada pelos rins, em vez de entrar nas células.

Portanto, pele seca significa que você está com desequilíbrio ou deficiência de gorduras. Pessoas que tem a pele seca frequentemente são hipoglicêmicas e viciadas em açúcar porque elas consomem uma dieta riquíssima em carboidrato, mas deficiente em óleos de boa qualidade.

Uma vez corrigido isso, mais calorias virão das gorduras em vez dos carboidratos. E aí o corpo produz mais água dentro da célula. Com isso, você tem mais ácidos graxos disponíveis para as glândulas sebáceas, e como consequência uma hidratação de pele natural.

Bons óleos para a pele ganhar turgor são manteiga, banha de porco, óleo de coco e óleo de oliva. Coloque esses produtos na sua dieta e aproveite!

Referências bibliográficas:

Mayo Clinic Proceedings, 1997;72:1141-1144
Medical Times, September l989;6l-74.
Toxicol. Sci. 2010; 117 (1): 45-53.
Environmental Toxicology and Pharmacology 24, 2007; 194–197
Environ Health Perspect. 2010 June; 118(6): A242.
JAMA 2011 Nov 23;306(20):2218-2
Journal of Agricultural Food Chemistry March 2009; 57(5): 1882-1889
Livro: Óleo de coco: a gordura que pode salvar sua vida. Editora Gaia. 2015

14:00:03

De sua opinião