O mundo está mais saudável que há 10 anos, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde comemora os “avanços sem precedentes” no combate a doenças tropicais negligenciadas (NTDs), de origem viral, parasitária e bacteriana, que atingem principalmente regiões pobres do mundo e deixam 534 mil mortos anualmente. O número de pacientes com esse tipo de enfermidade caiu de 2 bilhões em 2010 para 1,6 bilhão em 2015.

A divulgação do relatório que detalha o “progresso fenomenal” foi feita em Genebra, na Suíça, e acontece cinco anos depois da Declaração de Londres sobre doenças tropicais negligenciadas – documento em que a OMS firmou o compromisso de erradicar e controlar as NTDs até 2020, em parceria com grandes empresas farmacêuticas, doadores internacionais e outros grupos liderados pela Fundação Bill e Melinda Gates, que encabeça diversas iniciativas científicas de saúde pública e combate à pobreza.

Exame.com
09:30:02

De sua opinião