Nota da CART – Recuperação de pavimento

Desde maio, a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares desenvolve o Programa de Restauração do Pavimento com um cronograma de obras e melhorias para revitalizar e manter o pavimento da SP-270 Rodovia Raposo Tavares, de Ourinhos a Presidente Epitácio. As obras ocorrerão até novembro.

Nos seis meses de intervenções, a CART irá recuperar uma área de 1,5 milhão de metros quadrados, o equivalente a 400 km de faixas de rolamento. “A CART integra o Programa de Concessões do Estado de São Paulo, regulado e fiscalizado pela ARTESP [Agência Reguladora de Transportes] e reitera seu compromisso com a prestação de serviços eficientes e, acima de tudo, a segurança na rodovia. Com as obras deste programa, o Corredor Raposo Tavares irá oferecer viagens mais confortáveis e rápidas”,  ressalta Luis Santos, gerente de Operações daCART.

O Programa de Recuperação do Pavimento foi embasado em um criterioso mapeamento de pontos necessários de melhoria. Para cada segmento restaurado ou recuperado, uma solução específica e adequada está sendo aplicada. Serão executados serviços de recapeamento asfaltático, reparos localizados e profundos, aplicação de microrevestimento  para selagem das trincas e restauração do pavimento com Tratamento Superficial Duplo – TSD, que compreende a aplicação de dupla camada de massa asfáltica com borracha.

Simultaneamente, 11 frentes de serviços atuam para cumprir com o volume de obras do cronograma de intervenções. “A orientação aos usuários que passarem pelos trechos em obra é reduzir a velocidade, manter a distância de segurança do veículo à frente e não parar sobre a pista para observar as equipes em serviço, pois a atitude aumenta o risco de acidentes, principalmente de colisão traseira” ressalta Santos.

Em maio, a CART concentrou os serviços iniciais de restauração do pavimento em trechos da SP-270 nos perímetros de Assis e Palmital. Durante o mês de junho, as intervenções ocorrem em diversos pontos de 11 municípios cortados pela Raposo Tavares: Ourinhos, Salto Grande, Ibirarema, Palmital, Regente Feijó, Presidente Prudente, Álvares Machado, Presidente Bernardes, Santo Anastácio, Caiuá e Presidente Epitácio.

O impacto econômico na região é positivo, representado pela geração de emprego e renda, com mais de 280 postos de trabalho indiretos. Além disso, os municípios lindeiros são beneficiados por meio da injeção de ISS – Imposto Sobre Serviços nos cofres públicos.

Assessoria de Imprensa
10:00:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *