Moro abre mão de julgar processo da Lava Jato pela 1ª vez

Pela primeira vez, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, abriu mão de julgar um processo da Lava Jato. Na segunda-feira (11), ele declarou a não competência para julgar a ação penal oriunda da 48ª fase da operação.

O processo foi redistribuído para a 23ª Vara Federal de Curitiba, sob responsabilidade do juiz Paulo Sergio Ribeiro. A mudança, de acordo com Moro, não anula as decisões já tomadas.

Batizada de Integração, a etapa apura se uma concessionária de pedágio do Paraná pagou propina a agentes públicos.

No despacho, Moro alegou que, apesar das conexões, a ação penal não tem qualquer ligação com a Petrobras ou com o Setor de Operações Estruturadas do Grupo Odebrecht. Afirmou, ainda, estar sobrecarregado. O Ministério Público Federal (MPF) não quis se manifestar a respeito.

Advogados de investigados chegaram a questionar a competência de Moro. À época, o MPF manifestou-se pela improcedência – ou seja, avaliou que o caso deveria ficar com o juiz.

G1
14:20:03

2 Comments

  1. Quando chega a hora dele julgar os Tucanos ele dá esse miqué! Esse Juiz Sergio Moro tem pacto com o diabo! O cara passa o mês quase todo viajando par fora do país quando ele volta o único processo que ele põe para andar é o do Lula, incrível! Será que esse Juizinho de primeiro grau dorme com a consciência tranquila tenho lá minha dúvidas esse psicopata está perdidinho só enxerga o Lula na frente dele!! #eusouLula #LulaLivreJá LulaInocenteLulaPresidente

  2. Cai por terra a história do Juiz Sergio Moro, de não julgar Tucanos porque não recebia denuncia: Ele abre mão de processo que atinge governo Tucano Beto Richa, envolvendo propinas que iguala 30 tríplex do Guarujá, Ele se declara incapaz de julgar desvios em pedágios no Paraná! Mas nunca se declarou incapaz de julgar tríplex no Guarujá ou Sítio em Atibaia ambas cidades de SP! É que agora envolve Tucanos e Moro não julga membros da própria quadrilha!! #eusouLula #LulaLivreJá LulaInocenteLulaPresidente

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *