Mercado chinês ativa tráfico de presas de onça-pintada na Bolívia

O tráfico de presas de onça-pintada disparou na Bolívia. Trata-se de um negócio lucrativo, que tem como destino o mercado chinês, onde as partes deste felino em situação de vulnerabilidade são usadas como afrodisíacos ou na fabricação de joias.

Em 2014, as autoridades bolivianas começaram a receber informações sobre o contrabando das presas “em troca de dinheiro” no departamento (estado) de Beni (nordeste), explicou à AFP Rodrigo Herrera, assessor da Direção de Biodiversidade de Áreas Protegidas do Ministério do Meio Ambiente e Água.

Segundo especialistas, há fortes indícios que vinculam o auge deste comércio à crescente presença de cidadãos chineses no país.

AFP
14:40:03

Toninho Moré
Toninho Moré, 60 anos. Jornalista, blogueiro, radialista, publicitário, fotógrafo, economista e escritor. Nascido em Presidente Venceslau. Editor da Revista Radar, produtor do Blog do Toninho, dono da Agência Moré Comunicação.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *