Marcelo diz que pagamentos a Lula vão além dos lançados na planilha ‘Italiano’

O empresário Marcelo Bahia Odebrecht destacou em novos depoimentos prestados à Polícia Federal, em Curitiba, em 8 e 21 de agosto, que os pagamentos a Luiz Inácio Lula da Silva acertados com sei pai e patriarca do grupo, Emílio Odebrecht, não se limitaram aos registrados no codinome “Amigo” da planilha de propinas “Italiano”, que era gerenciada pelo ex-ministro Antonio Palocci e chegou a ter R$ 300 milhões à disposição do ex-presidente e do PT.

“Reitera que houve outros pagamentos a Lula, acertados por Emílio, que não transitaram pela conta ‘Italiano’ e nem tiveram o envolvimento do colaborador”, registra a PF, no termo de depoimento de Marcelo, do dia 8. Delator desde janeiro e preso desde junho de 2015, o empresário foi novamente ouvido pela PF, desta vez no inquérito que apura propinas em doações ao Instituto Lula e pagamentos de palestras via Lils Palestras e Eventos.

Estadão Conteúdo

08:40:23

3 Comments

  1. Marcelo fala, fala, Palocci fala, fala, e as provas contra? não existem, cadê as malas de dinheiro foi pro Aécio pra irmã dele pros Perrellas, cadê as malas de dinheiro foi pro Temer, e o Lula cada dia que passa dispara mais e mais nas pesquisas!!! cadê os 51 milhões sumiu ninguém fala ninguém viu!!!!!

  2. STF nega pedido de prisão do Senador Tucano Aécio Neves, ele roubou ameaçou de morte e o STF o condenou a “recolhimento noturno” ou seja ir para cama depois do jantar, esse STF é uma mãe pro Aécio!! A lei é para todos menos para os Tucanos!!!!!!

  3. E agora Moro? doações da Odebrecht, a Lula foram registradas na receita federal e foram contabilizadas legalmente!!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *