Manifestantes causam depredação em prédios na Esplanada dos Ministérios

Ministério da Agricultura é atingido por incêndio durante ato na Esplanada, em Brasília

Ministério do Planejamento é alvo de vandalismo e incêndio durante ato na Esplanada

Manifestantes causaram depredação em vários prédios da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, durante protestos contra o governo federal nesta quarta-feira (24). Houve registro de incêndio na área interna dos ministérios da Agricultura, do Planejamento e da Cultura mas, segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas não deixaram feridos.

De acordo com estimativa da Central Única dos Trabalhadores (CUT), os atos reuniram 200 mil manifestantes durante todo o dia. Até as 15h30, a Secretaria de Segurança Pública estimava público de 35 mil pessoas no ápice dos protestos.

O primeiro prédio a ser atingido pelo fogo foi o do Ministério da Agricultura, por volta das 15h – as chamas foram extintas cerca de 40 minutos depois. Segundo o Corpo de Bombeiros, o tumulto dificultou o acesso dos carros para combater as chamas.

Segundo o ministério, o prédio foi evacuado e não houve registro de feridos. O fogo atingiu o auditório no andar térreo, e fotos de ex-ministros foram quebradas. A Tropa de Choque entrou no prédio para evitar o avanço da depredação.

De acordo com a assessoria da pasta, o ministro Blairo Maggi chegou a Brasília nesta terça (23) e estava no interior do prédio no momento do incêndio. Não houve feridos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

G1
18:04:54

De sua opinião