Jornal afirma que Aécio Neves pediu propina de R$ 2 milhões para JBS

O dono do frigorífico JBS Joesley Batista entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma gravação do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pedindo a ele R$ 2 milhões. No áudio, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato. A informação é do jornal “O Globo”.

Aécio indicou um primo dele para receber o dinheiro, e a entrega foi filmada pela Polícia Federal. A PF também rastreou o caminho do dinheiro, que depois foi depositado em uma empresa do também senador tucano Zeze Perrella.
A gravação faz parte do material da delação premiada de Joesley e de seu irmão, Wesley Batista, fecharam com a PGR na operação Lava Jato. Nem Aécio nem Perrella se manifestaram sobre o assunto até o momento. (G1)

21:35:30

2 Comentários

  1. O Juiz Sergio Moro, prevaricou é preciso ser investigado! Eduardo Cunha tentou delatar o Temer em seu depoimento sobre esses flagrantes da JBS o Juiz Moro não deixou, muito estranho essa Lava Jato não prende um Tucano ela é a próprio esquema de corrupção e será desmascarada!!

  2. Imaginem a delação da Odebrecht entregando os corruptos do Judiciário, que Fachin está mantendo em segredo……abaixo a ditadura do Judiciário!!

De sua opinião