JBS deve convocar assembleia sobre afastamento dos Batista até 6ª

JBS: o BNDES já tem o apoio de outros minoritários, incluindo a Caixa (Ueslei Marcelino/Reuters)

O grupo JBS tem até sexta-feira para convocar uma assembleia geral extraordinária (AGE) solicitada pelos acionistas minoritários para discutir o afastamento da família Batista do dia a dia da companhia.

Caso contrário, o BNDESpar, como principal acionista minoritário, poderá chamar a reunião extraordinária, de acordo com uma fonte próxima das discussões.

Na semana passada, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que por meio da BNDESpar tem mais de 21 por cento do capital da JBS, protocolou um pedido para uma reunião extraordinária sobre mudanças no comando da maior processadora de carne do mundo, fomentado pelos escândalos envolvendo o nome da empresa.

Pelo entendimento dos minoritários, a JBS tem 8 dias corridos do envio do pedido para convocar a AGE. “Se trabalha com a lei. Os 8 dias são referentes ao prazo que a empresa tem para convocar a AGE. Caso contrário, o BNDESpar pode convocar”, disse a fonte que pediu para não ter seu nome revelado, pois não está autorizada a falar sobre o assunto. “A data conta a partir do envio da carta que chegou na tarde de quarta-feira passada”, acrescentou.

Exame.com
09:50:55

De sua opinião