Homem é preso e confessa assassinato por ‘motivos fúteis’ em Presidente Epitácio

A Polícia Civil esclareceu nesta quinta-feira (18) o homicídio doloso que vitimou um homem, de 30 anos, em Presidente Epitácio. A vítima foi morta a facadas no peito em uma via pública na Vila Presidente Vargas na madrugada do último domingo (14).

Detido no fim da tarde desta quinta-feira (18), em cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça local, após representação da Polícia Civil durante as investigações, um suspeito, de 27 anos, confessou o crime. Após indiciado formalmente, o homem foi encaminhado à Cadeia Presidente Venceslau.

De acordo com a polícia, o crime foi causado por “motivos fúteis”.

Segundo o delegado Márcio Domingos Fiorese, as diligências sobre o caso prosseguem com o objetivo de apurar a eventual participação de outras pessoas no crime, bem como a apreensão do instrumento usado para matar a vítima.

“Havia desentendimentos anteriores entre o autor e a vítima por motivos banais. Agora, um dos pontos a que pretendemos chegar é descobrir quem forneceu a faca para o cometimento do crime”, disse Fiorese ao G1.

Com a conclusão do caso, a Polícia Civil representará à Justiça pela decretação da prisão preventiva do indiciado.

Depois de golpeada, a vítima ainda chegou a ser socorrida e levada com vida para a Santa Casa de Presidente Epitácio, mas não resistiu aos ferimentos.

Fiorese salientou ao G1 que informações adicionais que ajudem nas investigações podem ser fornecidas à Polícia Civil pelos telefones (18) 3281-1311, na Delegacia de Presidente Epitácio, e 197.

G1
15:00:54

De sua opinião