Guerra na Síria: ataque foi ‘imprudente’ e ‘irresponsável’

A Síria disse nesta sexta-feira que o ataque de mísseis dos Estados Unidos contra uma base aérea em Homs foi “imprudente” e irresponsável” e que o governo americano foi “inocentemente convencido por uma campanha falsa de propaganda”. A declaração da Presidência emitida em um comunicado faz referência a acusações de que o governo sírio seria responsável pelo ataque de armas químicas desta semana, mais um capítulo sangrento na guerra na Síria, que entrou em seu sétimo ano.

Segundo Damasco, a ofensiva dos Estados Unidos aumentou também a determinação do país para derrotar grupos insurgentes, que se comprometeu a aumentar as ações contra os rebeldes. “Essa agressão intensificou a determinação da Síria para atingir esses agentes terroristas, para continuar a derrotá-los, e acelerar a velocidade de ações com esse objetivo onde quer que eles estejam”, dizia o comunicado.

O ataque na madrugada dessa sexta foi a primeira ação militar do governo Donald Trump. As forças americanas bombardearam com 59 mísseis Tomahawk uma base aérea em Homs. A ofensiva foi lançada a partir de navios de guerra mobilizados no Mediterrâneo.

Segundo a agência de notícias oficial do governo sírio Sana, pelo menos nove civis, entre eles quatro crianças, morreram no ataque. As vítimas civis estavam nos povoados de Al Hamrat, Al Shayrat e Al Manzul, situados nos arredores da base área de Shayrat.

IstoÉ
15:00:02

De sua opinião