Frente parlamentar das ferrovias levanta demanda de carga na região

Autoridades dos mais diversos setores empresariais de `presidente Prudente e região se reuniram na tarde d eontem, na capital da Alta Sorocabana, para debater ações para o techo ferroviári Presidente Epitácio x Ourinho seja reinserido no conceito da “malha paulista”. No evento, organizado pela UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente), o coordenador da DTRAM (Frente Parlamentar do Transporte Metroferroviário), deputado estadual João Caramez (PSDB), anunciou que a comissão está elaborando um estudo de origem e destino de argas que compõem a região, o qual erá comprovar a real demanda e a necessidade da reativação do transporte no Oeste Paulista.

O secretário-executivo da Alaf (Associação Latino-Americana de Ferrovias), Jean Carlos Pejo, reforça que é preciso de estudos técnicos, econômicos, ambientais e sociais para cada trecho subutilizado dentro de uma visão específica da vocação regional, visando o desenvolvimento e a oportunidade, num modelo de concessão adequado para sua viabilização. “ações da FTRAM com relação ás rodovias abandonas devem ser tratadas imediatamente e não aguardar tratativas para prorrogação das concessões”, frisa.

João Caramez destaca que são duas alternativas para mudar o cenário atual: que se faça uma nova concessão para os trechos desativados, entre eles, a malha sul, que compreende o Oeste Paulista, ou a própria concessionária responsável no caso a Rumo, assuma o compromisso de reestruturar o trecho e permitir a reativação.

O Imparcial
09:00:02

De sua opinião