Filipinas se preparam para a chegada de um supertufão

Milhares de pessoas fugiram de suas casas nas Filipinas ante a iminente chegada do supertufão Mangkhut, com rajadas de até 255 km/h e ameaça de chuvas torrenciais.

Mangkhut, esperado nas próximas 24 horas, é o tufão mais violento que já atingiu o país ao longo do ano.

Nas zonas costeiras do norte, do arquipélago, região atingida por desastres naturais, já abandonaram suas casas.

Os habitantes de Luzón, a principal ilha das Filipinas, onde vivem milhões de pessoas, estão reforçando janelas e telhados para evitar que sejam arrancados pela tempestade.

“As chuvas vão ser fortes e os ventos não serão brincadeira”, declarou à AFP Michael Conag, porta-voz da Defensa Civil local.

“Pode haver ondas equivalentes a um prédio de quatro andares e muitas casas poderão ser destruídas, principalmente as construções mais frágeis, que são mais frequentes nestas zonas costeiras”, explicou.

Uma chuva muito forte já começava a atingir a ponta nordeste de Luzon, também varrida por ventos intensos, embora no momento não cause estragos maiores.

Pelo menos quatro milhões de pessoas estão na trajetória direta de Mangkhut, que então seguirá para o sul da China, incluindo o território semi-autônomo de Hong Kong.

AFP
10:20:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *