Fiéis aproveitam dia de Santo Expedito para agradecer as graças alcançadas

Fiéis aproveitam o dia de Santo Expedito para visitar a cidade que leva o nome do padroeiro das causas justas e urgentes, na região de Presidente Prudente, nesta quarta-feira (19). A expectativa da organização é de que no transcorrer da programação cerca de 50 mil pessoas passem pelo município para agradecer as graças obtidas e fazer orações, número equivalente a mais de 16 vezes a população da cidade, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Algumas pessoas, mesmo com dificuldades, fazem questão de garantir a visita ao município em cumprimento de promessas, como é o caso da aposentada Maria Mercedes dos Santos, de 75 anos.

A moradora de Tarabai disse ao G1 que sempre foi devota do santo, conhecido por atender as causas justas e urgentes, e, por isso, há oito anos, cumpre uma promessa feita a ele. “Eu fui diagnosticada com úlcera varicosa na perna esquerda, há oito anos, o que me trouxe muitos problemas e me deixou sem andar. Eu prometi a Santo Expedito que todos os anos eu viria até a sua igreja para pedir por essa cura e agradecer pela minha vida”, contou.

A idosa, que é mãe de cinco filhos, afirmou ao G1 que, após dois anos visitando a cidade, obteve a cura. “No segundo ano, a úlcera foi curada. Depois de um certo tempo, sofri uma queda e quebrei a mesma perna, mas, ainda assim, continuei a receber as graças, pois entendi o propósito de Deus. Hoje, eu tenho dificuldades para andar, porém, consigo me manter bem em minha casa, com um andador, por ter firmeza na perna direita. Se a fratura tivesse sido nela, talvez eu nem pudesse andar hoje em dia”, ressaltou.

Mercedes viajou a Santo Expedito com uma excursão de romeiros de sua cidade e, por isso, contou com a solidariedade dos companheiros para empurrar sua cadeira de rodas. “Mesmo com as dificuldades que tenho para me locomover, nunca deixei de cumprir minha promessa. Como aqui são filas enormes e a distância entre onde o ônibus estaciona e a igreja é longa, eu optei por vir de cadeira de rodas, como tenho feito há alguns anos”, informou ao G1.

G1
16:00:02

1 Comentário

De sua opinião