Festividades de Santo Expedito esperam receber 50 mil fiéis, quase 20 vezes a população da cidade

Santo Expedito é o padroeiro das causas justas e urgentes (Foto: Pascom/Santuário de Santo Expedito/Divulgação)

Conhecida pelo turismo religioso, a cidade de Santo Expedito espera receber aproximadamente 50 mil pessoas durante as festividades alusivas ao dia do santo que dá nome ao município, celebrado nesta quarta-feira (19). O número equivale a mais de 16 vezes a população da cidade, que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), gira em torno de três mil habitantes, no Oeste Paulista.

Diversas celebrações, shows e uma praça de alimentação serão disponibilizados ao público. Também faz parte da programação a 20ª Romaria de Cavaleiros, que contará com cerca de mil amazonas e cavaleiros.

As celebrações serão campais na praça da Igreja Matriz da cidade. O padre da Paróquia de Santo Expedito, Umberto Laércio Bastos de Souza, informou ao G1 que a parte estrutural para a programação já está pronta, como as barracas e a praça de alimentação. Os serviços que estiverem no entorno do templo religioso destinarão o dinheiro às obras de construção do Santuário de Santo Expedito. “Já estamos na fase de cobertura e a previsão de inauguração é para 2019”, disse.

“Além das celebrações religiosas, o ponto alto é a cavalgada”, destacou ao G1 o padre. “É prevista a participação de mais de mil amazonas e cavaleiros. Eles saem de um sítio a uns dois quilômetros de Santo Expedito e seguem para a praça da Matriz”, explicou ainda. Além disso, o pároco salientou que aguarda 50 mil pessoas durante toda a festividade, que vai de 19 a 23 de abril.

O dia 19 de abril é dedicado a Santo Expedito e, conforme relatou o padre ao G1, desde o ano 2000 há a peregrinação na cidade, devido ao nome, e existe todo um trabalho dedicado à data. O cidadão da Armênia tornou-se santo porque foi um mártir educado pelo Evangelho e determinado às causas justas e urgentes. “Fazemos o convite para devotos ou não do santo, àqueles que são religiosos, para visitarem a cidade e também o santuário [em construção]”, declarou.

G1/Prudente
10:30:24

1 Comment

De sua opinião