Explosão de bomba dentro de sala de aula provoca interrupção temporária de atividades em escola estadual

Polícia Militar acompanhou a ocorrência na Escola Estadual Mirella Pesce Desidere (Foto: Valmir Custódio/G1)

A Polícia Militar precisou ser acionada e as atividades dos alunos de uma sala do primeiro ano do ensino médio da Escola Estadual Mirella Pesce Desidere, na Cohab, em Presidente Prudente, foram temporariamente interrompidas após uma bomba ter sido explodida dentro da sala de aula na manhã da segunda-feira, 2. Segundo a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, não houve feridos e o aluno responsável foi identificado.

Segundo a Polícia Militar, alguns alunos se queixaram de dores nos ouvidos e os pais foram orientados a procurarem atendimento médico para os filhos, caso fosse necessário.

Em nota, a Secretaria da Educação informou ao G1 que a direção da unidade já identificou o aluno responsável e os pais já compareceram à escola.

“O material utilizado não oferecia riscos e é comumente utilizado em festas comemorativas. A punição seguirá o que está previsto dentro do regimento interno escolar. Ninguém ficou ferido e as aulas continuam normalmente nesta segunda-feira”, apontou a nota encaminhada ao G1.

Mesmo sem a interrupção das aulas, alguns alunos foram embora da escola na companhia dos pais e responsáveis.

G1/Prudente
11:35:02

1 Comment

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *