“Estou cansado, mas vou até o fim”

SEM ESMORECER O juiz Moro inclina-se à procura de uma tomada debaixo da mesa em debate na CCJ da Câmara, em Brasília (Crédito: Lula Marques/Agência PT)

“Possivelmente, a Operação Lava Jato em Curitiba está chegando ao fim”. A frase dita pelo juiz Sergio Moro em meio a um discurso de agradecimento pela homenagem que acabara de receber da Universidade americana de Notre Dame, na segunda-feira 2, suscitou apreensão no meio jurídico e entre as entidades que defendem o combate à corrupção no Brasil. A Operação Lava Jato vai acabar? O juiz Sergio Moro, esteio da maior ação de enfrentamento ao crime organizado na política brasileira, vai desistir do trabalho? À ISTOÉ, no entanto, Moro garantiu que não abandonará a operação. “Estou cansado, mas isso não significa que vou deixar a Lava Jato. Vou até o fim”, disse ele, horas depois de receber o prêmio designado pela Notre Dame como “alguém comprometido com a preservação da integridade de sua nação, através da aplicação imparcial da lei”.

Quanto à declaração de que a Lava Jato estaria chegando à sua fase final em Curitiba, Moro explicou: “Vários casos já foram julgados e vários criminosos poderosos estão cumprindo pena após terem sido condenados em um julgamento público e com o devido processo legal. Ainda há investigações e casos relevantes em andamento em Curitiba, mas uma grande parte do trabalho já foi feita”. Em quatro anos de operação, o juiz comandou 67 processos, dos quais 34 já com sentença, com a condenação de 165 pessoas a 1.634 de prisão. “Mas, atualmente, outros juízes estão desempenhando um papel importante e realizando um trabalho fantástico em outras jurisdições, por exemplo em Campo Grande, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brasília”, completou Moro, dando a entender que a Lava Jato não precisaria, necessariamente, se concentrar nele.

Quando diz estar “cansado”, ele não se refere apenas ao árduo trabalho à frente de dezenas de ações penais ao mesmo tempo, tendo que ouvir centenas de acusados e milhares de testemunhas em pequeno espaço de tempo. Ele se reporta também à sua vida pessoal. Aos 45 anos, casado com a advogada Rosangela Moro e dois filhos adolescentes, Moro quase não tem tempo para a família. Por ser muito visado depois de dar sentenças condenando os mais ricos empreiteiros do País e os mais destacados políticos brasileiros, como o ex-presidente Lula, Moro sente-se privado de sua liberdade. Vive com seguranças da PF por onde anda, inclusive quando vai a um simples estádio assistir a uma partida de futebol, coisa que gosta, mas que está cada vez mais raro também por causa do assédio dos inúmeros fãs em Curitiba. Não pode ir a um shopping ou cinema sem disfarce (boné, principalmente). Quando vai a um restaurante no final de semana, é aplaudido pelas pessoas, que não lhe deixam em paz, pedindo autógrafos. O mesmo acontece nos voos que toma para freqüentes palestras pelo Brasil e também no exterior. Fora isso, trabalha mais de 12 horas por dia, e muitas vezes no fim de semana. Daí a exaustão.

IstoÉ
11:20:02

2 Comments

  1. Esse é o herói da classe média, que foi usada, “feita de imbecil” pela elite sem culpa e remorso que humilha e mata os pobres, A mídia a justiça e a intelectualidade de maneira quase unânime, estão a serviço dos donos do poder, e se irmanam no objetivo de manter o povo em um estado permanente de letargia!!
    Esse herói da classe média: anulou todas as sentenças do caso Banestado., que desviou mais de R$ 500 milhões, apenas Tucanos envolvidos.
    Anulou perguntas de Eduardo Cunha a Temer dizendo que ele estava constrangendo o Presidente,
    Tinha todas as provas contra Andréa Neves, irmã do Aécio Neves, desde 2015 e não a prendeu ou sequer pediu investigação, ele foi presa pelo STJ, Soltou Yusseff duas vezes e diminuiu sua pena, no caso Banestado, de 121 anos para apenas 1 ano!
    Absolveu a mulher do Eduardo Cunha ignorando contas na Suiça, e parecer do MP Suiço dizendo que era ela que operava, Quase 4 anos de Lava Jato nunca prendeu indiciou ou condenou nenhum Tucano,
    Esse é o Juiz Sergio Moro!!

  2. Apesar de todo empenho da Lava Jato, e do Sergio Moro, em ajudar os Tucanos nem Alckmin, nem Dória sobem nas pesquisas só Lula, Dellagnol não conseguiu provar que o triplex era do Lula, agora diz que recibos de aluguel são falsos ta no papel dele, cumpre ordens da elite, dizer que os recibos de aluguel são falsos sem provar que são, É tática Goebbes mentira dita mil vezes torna-se verdade!!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *