Enxaqueca: Diga Adeus a essa Dor!

Num instante, você está super de bem, no topo do mundo e de repente… Você vem para baixo em queda livre. É quando tudo começa a girar. Pois é, trata-se do começo de outra enxaqueca, uma luta contra a dor de cabeça severa que te faz tremer na base.

E se alguém lhe disser que há uma cura única para enxaquecas, não sabe o que está dizendo, porque esta simplesmente não existe. Há muitas causas de enxaqueca, e a cura dependerá da causa (e isto inclui encontrar os desencadeadores e aprender a evitá-los, quando possível).

Diversos estudos têm correlacionado o uso de medicação crônica nos tratamentos com danos no fígado e nos rins, e o caso da enxaqueca é um bom exemplo de que o tratamento e prevenção devam começar com estratégias nutricionais.
E há também alguns truques altamente eficientes que funcionam para a maioria das pessoas. Veja:

1) Magnésio

Ele é chamado de mineral milagroso com razão – é responsável por pelo menos 300 reações metabólicas críticas no corpo que nós conhecemos até então, e a ciência está encontrando novas quase diariamente.

Em geral, as enxaquecas, acompanhadas de qualquer combinação de ansiedade, irritabilidade, distúrbios do sono, sensibilidade ao barulho, problemas musculares (cãibras, dor, espasmos, palpitações, etc.) e/ou constipação, podem frequentemente ser um grito do seu corpo por mais magnésio.

A deficiência de magnésio está correlacionada com uma série de doenças, como depressão, agressão plaquetária, comprometimento funcional de receptores de serotonina e outros neurotransmissores.

Infelizmente, menos de 2% do magnésio é mensurável. O restante é armazenado em seus ossos e localizado dentro de suas células, por isso os testes de dosagem de magnésio não são tão seguros e confiáveis.

Como o magnésio é um mineral seguro, recomenda-se pelo menos um suplemento oral para todos os sofredores de enxaquecas. A Associação de Distúrbios da Enxaqueca recomenda suplementar o magnésio por pelo menos três meses e observar os resultados.

Recomenda-se de 250 a 500mg por dia, na forma quelada, que não agride o estômago, como o bisglicinato de magnésio, o l-treonato de magnésio ou magnésio dimalato

2) Vitamina B6

Age melhorando a ação do magnésio, com isso potencializando a resposta terapêutica. Os estudos sugerem que se deva usar de 50 a 150 mg / dia.

É encontrada nos seguintes alimentos: pistache, sementes de girassol, abacate, melão, papaia, banana, laranja, batata-doce, batata, espinafre, peru, frango, carne bovina e salmão.

3) Fever Few (Tanacetum parthenium)

Fitoterápico usado para dor de cabeça, enxaqueca, náusea, vomito e regularidades menstruais. No caso da enxaqueca age inibindo cerca de 88% da síntese de prostaglandina. O componente ativo responsável pela ação é o parthenolide.

Produtos que não contém ao menos 0,2 de parthenolide não apresentam resultado satisfatório. Para profilaxia de enxaqueca a dose típica de folha liofilizada é de 50 a 125 mg por dia, a ser ingerido durante ou após a refeição.
Não é indicado no caso de gestantes.

4) Gengibre

Tem resultado excelente no tratamento da enxaqueca. No primeiro sinal de enxaqueca, o paciente deve ingerir uma mistura de 1/4 de colher de chá de gengibre em pó em 1 copo d’água. Em cerca de uma meia hora, a enxaqueca desaparece, sem causar nenhum efeito colateral.

Segundo um estudo duplo cego, comparando a ação do gengibre com sumatriptano, uma das medicações mais vendidas para enxaqueca, evidenciou-se que ambos funcionam com a mesma rapidez e eficácia, sem os efeitos colaterais da medicação como azia, vertigem, tonturas, sonolência e até morte.

5) Sexo

Sim, você leu isto corretamente. Esqueça o “agora não, estou com dor de cabeça” – porque se você tiver uma dor de cabeça, AGORA é realmente o melhor momento.

Um estudo recente descobriu que 60% das pessoas que sofrem de enxaquecas encontram alívio (em todos os sentidos da palavra) quando fazem sexo durante seus episódios. A maioria se beneficiou de pelo menos alívio moderado da dor, e muitos disseram que alcançaram o alívio completo (entre outras coisas).

6) Terapia de cores

Certas cores podem estimular a melhora e curar várias condições, incluindo as enxaquecas. Em um estudo, os pacientes com enxaquecas receberam lentes especialmente coloridas, e eles viram o seu nível de dor descer por até 70%.

O senão?  Você causará uma boa impressão nas pessoas ao seu redor quando você exibir a cor mais eficaz: rosa purpúreo, que serão a cor das lentes do seu óculos que você deverá usar a partir de agora por um certo tempo.

http://www.drrondo.com/

De sua opinião