Em rede social, Henrique Meirelles evita a palavra ‘Previdência’

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, evita usar sua conta pessoal no Twitter para defender a reforma da Previdência, gestada em sua pasta e considerada essencial pelo governo Michel Temer. Desde maio, quando ingressou na rede social, Meirelles escreveu três vezes sobre a “Previdência” – a última na sexta-feira, 15, depois que o governo postergou a votação no Congresso para 19 de fevereiro, por falta de votos. As únicas duas menções anteriores ocorreram em 11 de setembro.

O titular da Fazenda passou os últimos três meses, entre setembro e novembro, sem citar a reforma. O período coincide com as vitórias de Temer nas denúncias apresentadas contra ele pela Procuradoria-Geral da República – e barradas na Câmara – e com a retomada dos esforços do governo para tentar aprovar as novas regras previdenciárias.

Estadão Conteúdo
08:50:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *