Em áudio, Felipe Melo detona Cuca, volta atrás, mas deve deixar o Palmeiras

O volante Felipe Melo vai encerrar a passagem pelo Palmeiras da mesma forma polêmica com que chegou ao clube. Um áudio gravado pelo jogador e divulgado em grupos de WhatsApp, um aplicativo para telefones celulares, detonou a relação conturbada entre ele e o técnico Cuca, o responsável pelo seu afastamento. No conteúdo do material, o atleta chama o treinador de covarde e expôs desavenças.

“Aqui não tem jeito, aqui já era. Com esse cara eu não trabalho, entendeu? Esse cara é covarde, mau caráter, enfim, é mentiroso. Ele diz uma coisa, mas liga para a imprensa e fica falando um monte de coisa. Quando eu falar, vou ‘rasgar’ ele no meio”, disse Felipe Melo no áudio.

O jogador confirmou a veracidade do conteúdo em entrevista ao vivo por telefone na noite de segunda-feira para a ESPN Brasil. Felipe Melo admitiu ter enviado a mensagem dias atrás para alguns dos seus contatos e alegou que estava embriagado pelo consumo de champanhe durante a festa de aniversário da esposa.

Além de atacar Cuca, o volante afirmou já ter sido procurado por outros clubes. “Confesso que tem vários clubes interessados. Vários. Corinthians, Inter, São Paulo, Grêmio, Atlético-MG, Flamengo. Todo mundo está interessado. Agora o negócio foi ontem. Creio que agora vão começar a clarear as coisas”, afirmou.

Cuca decidiu afastar Felipe Melo na última sexta-feira, na véspera do jogo com o Avaí. Já no sábado, depois do triunfo por 2 a 0 sobre o time catarinense, o treinador confirmou que o atleta não defenderia mais o clube, porém negou existir desavenças entre os dois e atribuiu a decisão à questões táticas de organização do time.

Nesta segunda-feira, o jogador foi dispensado do treino, porém vai retornar aos trabalhos na terça pela manhã, quando Cuca vai definir o time titular que enfrentará o Botafogo, no Rio. “Mas com esse cara (Cuca) eu não fico. Tem que fazer nada, não. A torcida veio contra, então eles estão doidinhos. O Flamengo parece que estão conversando aí. Se o Flamengo realmente quiser, é esse o momento, nunca esteve tão fácil”, disse no áudio.

Estadão Conteúdo
08:45:02

De sua opinião