Warning: include_once(/home/content/a2pewpnas01_data02/58/3992858/html/wp-content/plugins/akismet/akismet.php): failed to open stream: Permission denied in /home/content/a2pewpnas01_data02/58/3992858/html/wp-settings.php on line 305

Warning: include_once(): Failed opening '/home/content/a2pewpnas01_data02/58/3992858/html/wp-content/plugins/akismet/akismet.php' for inclusion (include_path='.:/usr/local/php5_6/lib/php') in /home/content/a2pewpnas01_data02/58/3992858/html/wp-settings.php on line 305
Dr. Rondó – Blog do Toninho

Dr. Rondó

Qual a Melhor Alimentação para quem Pratica Atividades Físicas?

O seu combustível alimentar é o carboidrato? Se sim, está na hora de você rever os seus conceitos…

Afinal, quais os melhores alimentos para apoiar seu treino na academia?

Se você estiver adaptado à gordura, você necessita muito pouca reposição de carboidratos, mesmo durante o exercício. Se você tem seguido uma dieta de baixo carboidrato, estilo Paleo, ou uma dieta alta em gordura, moderada em proteína e baixo em carboidrato, o seu corpo provavelmente está adaptado à gordura.

Infelizmente, atualmente quase 100% das pessoas estão adaptadas a usar glicose como o seu combustível número 1.

Já os nossos ancestrais estavam adaptados a usar a gordura como o seu combustível mais importante.

Você quer saber se está adaptado à gordura ou não?

Pule uma refeição e observe como se sente.

Fica “morto de fome”?

Fica mal humorado?

Ávido por consumir carboidratos?

Se você não tem essas sensações, provavelmente está adaptado à gordura.

Com isso, poupa o seu glicogênio para quando você realmente precisa dele, e pode melhorar queima de mais gordura corporal, além de aumentar o seu desempenho atlético.

Porém, para incrementar o seu desempenho caso seja um atleta competitivo, o uso de uma dieta mais alta em carboidratos logo antes de uma corrida é interessante, mas isto é altamente individual.

Quais são os benefícios de exercitar-se em jejum?

  1. Ao se exercitar em jejum, você estimula o seu corpo a queimar gordura. Já o uso dos carboidratos antes da sua malhação reduz o efeito de queima de gordura do seu exercício.
  2. O exercício junto com o jejum reduz o estresse oxidativo agudo, que na verdade ativa os seus genes de gatilho muscular e fatores de crescimento.
  3. Mantém o seu cérebro, fibras musculares e neuromotoras biologicamente jovens.
  4. Aumenta a função cognitiva.
  5. Aumenta o hormônio do crescimento.
  6. Melhora a composição corporal.
  7. Aumenta a testosterona.
  8. Previne depressão.

Porém, entenda que esta estratégia só não é apropriada para exercício longo, de resistência, mas para a grande maioria das pessoas que fazem treinamentos casuais, ela é benéfica.

Então fica a sugestão:

Exercitar-se antes de tomar o café da manhã, mas evite jejuar antes do exercício se você estiver fazendo treino de musculação!

Quando você está em jejum prolongado (entre 12 a 16 horas), você tende a esgotar a maioria das suas reservas de glicogênio, o que torna difícil esse tipo de exercício.

O que comer antes do treino

Eu sei que o jejum antes do treino pode funcionar muito bem para algumas pessoas, mas se você acha difícil exercitar-se com estômago vazio, então os nutrientes abaixo podem ser ideais para você.

São eles:

  • Whey Proteín concentrado de vacas criadas a pasto
  • Café preto orgânico
  • Cacau orgânico
  • Chá verde

Segundo estudo publicado no jornal Medicine and Science in Sports & Exercise,  consumir 20 gramas whey protein 30 minutos antes do treino de resistência aumenta o metabolismo corporal por até 24 horas após em ambos os sexos.

Você deve tomar o café da manhã nos dias em que não se exercita?

Nos dias que não se exercita, caso se sinta confortável, pode deixar de tomar o café da manhã também. Mas se você tem satisfação em tomar o café da manhã, nestes dias pode mantê-lo e entenda isso como adequado. Nesse caso, aconselho proteína saudáveis, como ovos orgânicos de galinha caipira, um smoothie de proteína, queijo grelhado e tomates.

 

De sua opinião