Detox no Mundo Moderno: Livre-se dos Poluentes Ambientais

Viver neste mundo atual realmente é algo bem desafiador. Jamais fomos tão agredidos como agora! E sem sequer perceber, a nossa exposição constante a poluentes ambientais é tamanha como você pode ver nesse estudo recente.

Nessa investigação descobriu-se que a maioria das mulheres apresenta cerca de 515 substâncias químicas sintéticas e tóxicas em seus corpos todos os dias, sem sequer perceber.

Estes poluentes perigosos estão em sua maquiagem, sabonete, xampu, spray de cabelo, desodorante – até mesmo as roupas que você veste.

A qualquer momento, a pessoa média tem 420 toxinas flutuando no corpo. Esse número mais que dobrou na última década.

O resultado desses poluentes é um ataque invisível ao seu cabelo, pele e saúde, promovido pelos depósitos de produtos químicos tóxicos presentes nos produtos de uso pessoal que se acumulam em níveis perigosos em sua pele, tecido e sangue.

Todos esses compostos são solúveis em gordura, o que dificulta o sistema natural de desintoxicação, e, portanto, acabam permanecendo por anos nas suas células adiposas até que você fique velho e doente antes do tempo.

Como desintoxicar

É importante você entender que nesse mundo moderno é imperativo programas de desintoxicação periódicos.

Veja algumas sugestões praticas para esse objetivo:

1 – Pectina cítrica modificada

É feita a partir da casca interna de frutas cítricas e é uma das substâncias desintoxicantes mais poderosas. De acordo com estudos clínicos em humanos, é altamente eficiente, como você pode ver nesta avaliação, aonde 3 pessoas tomando pectina cítrica modificada por seis dias excretaram:

  • 150% mais mercúrio (encontrado em cremes para pele importados)
  • 130% mais arsênico (um aditivo de cor em cosméticos)
  • 560% mais chumbo (encontrado em 61% dos batons)

2 – Carvão ativado

Liga-se a moléculas tóxicas promovendo a sua excreção, especialmente de metais pesados. É extremamente eficaz e barato. A melhor forma de ingesta é em pó diluída em um líquido, usado por um período limitado de tempo regularmente. É possível também a opção de comprimido ou em cápsulas.

Segundo os estudos, deve-se tomar 20 a 30 gramas por dia de carvão ativado em pó (em doses divididas) misturado com água durante um período de 1 a 2 semanas.

3 – Spirulina

Também pode ser usada para proteção contra radiação, tendo sido utilizada, inclusive, em crianças, após o acidente de Chernobyl. Os estudos clínicos sugerem diversos efeitos terapêuticos, desde redução de colesterol e câncer até a melhoria do sistema imunológico, melhora da concentração de lactobacilos no trato intestinal e redução da nefrotoxicidade por metais tóxicos, drogas e, é claro, radiação.

Essa ação protetora de radiação é atribuída à presença de Phycocyanin, um pigmento azul que se liga as membranas fotossintéticas, além de ser uma molécula que conserva nitrogênio. Esses átomos de nitrogênio podem formar um complexo com metais pesados como Cesium e Estrôncio radioativos, retirando-os do corpo.

A maioria dos estudos aconselha usar em dosagem baixa, cerca de 3.000 mg por dia para adultos e de 500 a 1.500 mg por dia para crianças, com objetivo preventivo.Dosagens terapêuticas variam de 10.000 a 20.000 mg por dia, no caso de adultos. Deve-se começar com pouca dosagem e ir aumentando gradativamente, para evitar reações de desintoxicação como febrícula, excesso de gases e sensação de sonolência excessiva, além de coceiras causadas pelo processo de desintoxicação muito rápido. Vale lembrar que há pessoas que não toleram a spirulina, por sensibilidade.

Porém, quando cultivada em áreas poluídas ou de forma incorreta, pode acumular toxinas ambientais. Evite spirulina proveniente do Japão ou proximidades, pelo fato da alta contaminação com radiação pelo acidente de Fukushima.

4 – Clorela

É uma alga unicelular e aquática rica em vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos graxos essências e outras substâncias benéficas para desintoxicação, agindo nos seus órgãos internos, como intestino e fígado. Além disso, auxilia na desintoxição de metais pesados, poluentes como o mercúrio, cádmio e pesticidas que acabamos ingerindo em nossa alimentação diária.

Receita: suco verde detox com limão e dente de leão

Levando tudo isso em consideração, fica aqui uma das minhas sugestões de bebida verde detox para todas as manhãs, que retirei do meu livro Mude sua vida com Super Nutrientes.

É fácil de fazer em casa e combina desintoxicantes poderosos e naturais como:

  • Limão. As cascas contêm d-limoneno, um antioxidante que ativa enzimas no fígado para eliminar qualquer composto não orgânico do corpo.
  • Esta erva se liga a toxinas e remove-os do seu corpo.
  • Dente de leão. As folhas são diuréticos naturais, aumentando a liberação de toxinas pelo sistema urinário.

Ingredientes:

  • 1 limão inteiro (não descascado)
  • 4 ramos de brócolis com hastes
  • ¼ xícara de espinafre
  • ¼ xícara de rúcula
  • 4 cenouras
  • ¼ maçã
  • ¼ xícara de coentro
  • 1 pitada de açafrão
  • 6 hastes de dente de leão
  • ¼ xícara de água filtrada
  • ¼ xícara de água de coco
  • ½ xícara de gelo

Preparação:

Coloque em um blender, misture e pronto!

Para os melhores resultados, beba com o estômago vazio todas as manhãs. É uma ótima opção que vai lhe ajudar a se livrar dos poluentes ambientais. Aproveite!

14:00:03

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *