Descoberta pode transformar água do mar em água potável

Uma equipa de investigadores no Reino Unido criou uma peneira à base de grafeno que consegue filtrar o sal da água salgada. A inovação pode vir a permitir o acesso a água potável a milhões de pessoas em todo o mundo e ser uma mudança radical em países onde o acesso a água limpa é muito limitado.

O grafeno, uma forma cristalina do carbono organizado numa rede hexagonal, foi identificado pela primeira vez na Universidade de Manchester em 2002. Desde então foi considerado um “material maravilha”. Os cientistas iniciaram então uma “corrida” ao desenvolvimento de uma peneira com custos reduzidos que permita a dessalinização a uma escala industrial.

A equipa de investigadores do Reino Unido conseguiu utilizar um composto do grafeno, o óxido de grafeno, para criar uma peneira rígida que poderá filtrar sal usando menos energia. Até agora os cientistas tinham conseguido alguns sucessos, mas encontraram sempre entraves, nomeadamente, o facto dos poros da membrana incharem quando imersos na água, levando a que as partículas de sal continuassem a passar.

A descoberta, divulgada esta semana e feita em Manchester, alega que foi já possível conseguir controlar a expansão e tamanho dos poros.

TVi24
18:30:02

De sua opinião