Depois de mais de dois meses a grande imprensa olha para Presidente Venceslau

Ontem saiu uma nota no Jornal O Estado de São Paulo sobre a ocupação da polícia militar em Presidente Venceslau. Hoje foi a vez da Folha de São Paulo, que traz uma matéria completa sobre o assunto em sua página principal da internet com destaque para o mesmo tópico no UOL.

Digo isso, porque, avisamos vários órgãos de imprensa sobre o assunto, mas muitos, talvez pela euforia das eleições, não deram importância. Na matéria da Folha, é notório o conflito entre os não defensores da transferência de Marcola e os defensores.

Integrantes do grupo contrário à sua transferência, dizem que o mesmo está preso no estado há 20 anos, e que mandar criminosos do PCC para presídios federais, demonstraria uma fragilidade de São Paulo e dificuldades de resolver um problema de origem nos presídios paulistas. O mesmo grupo vê risco da ocorrência de uma megarrebelião, como a que ocorreu em 2006.

Já o grupo que defende a transferência diz que ela se tornou premente porque há possibilidade real de uma ação criminosa para resgate de presos. O deputado federal e senador eleito Major Olímpio é a fazer da transferência. Ele enviou ofício ao procurador geral da justiça Gianpaolo Poggio Smanio, para que ele peça as transferências dos chefes do PCC, agindo a favor da desarticulação da ação idealizada. enfraquecimento do crime organizado e preservação de vidas. (com informações da Folha de São Paulo)

23:20:08

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *