Brasil tem maior aumento da emissão de gases estufa em 12 anos

Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca) (Egberto Nogueira/Imãfotogaleria/VEJA)

O total de emissões nacionais de gases de efeito estufa subiu 8,9% em 2016 em comparação com o ano anterior, revela um relatório lançado nesta quinta-feira pelo Observatório do Clima. Segundo o estudo, chamado Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG), a concentração desses poluentes atingiu o nível mais alto desde 2008 e a elevação é a maior desde 2004. As altas concentrações de gases estufa podem potencializar o efeito de aquecimento natural causado pela atmosfera terrestre e levar a mudanças climáticas e aumento das temperaturas com sérias consequências ambientais.

Em 2016, o Brasil emitiu 2,278 bilhões de toneladas brutas de gás carbônico equivalente (CO2e) – expressão da quantidade de todos os gases de efeito estufa emitidos na forma de CO2 –, contra 2,091 bilhões, em 2015. Isso representa 3,4% do total mundial, o que mantém o Brasil como sétimo maior poluidor do planeta. “O descontrole do desmatamento, em especial na Amazônia, nos levou a emitir 218 milhões de toneladas de CO2 a mais em 2016 do que em 2015. É mais do que duas vezes o que a Bélgica emite por ano”, disse Ane Alencar, pesquisadora do Ipam (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) e responsável pelos cálculos de emissões por mudança de uso da terra no relatório. “Isso é dramático, porque o desmatamento é em sua maior parte ilegal e não se reflete no PIB do país.”

Veja
10:47:03

1 Comment

  1. O PRÒPRIO TEMER ACABA DE PERDOAR PARTE DAS DIVIDAS AMBIENTAIS DOS CRIMINOSOS QUE DESMATAM. VIVEMOS EM UM PAÌS ONDE O CRIME COMPENSA….FAZER O QUÊ

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *