Acusado de morte de capoeirista tem prisão preventiva decretada

Paulo Sérgio Ferreira de Santana, 36 anos, se diz arrependido do crime
Foto: Alberto Maraux / SSP

O barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana, de 36 anos, autor das 12 facadas que mataram o mestre de capoeira e ativista cultural negro Romualdo Rosário da Costa, 63, conhecido como Moa do Katendê, teve a prisão em flagrante transformada em preventiva em audiência de custódia. A decisão de manter o barbeiro preso foi do juiz Horácio Pinheiro. O magistrado considerou que havia “prova de existência do crime” e “indício suficiente de autoria”.

Terra
09:30:02

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *