Acusado de estuprar sobrinhas de 8 e 10 anos é preso em Panorama

A Polícia Civil cumpriu nesta quarta-feira (3), em Panorama, um mandado de prisão preventiva contra um homem de 42 anos, apontado em um processo que apura a prática de estupro de vulneráveis. Conforme a Polícia Civil, o preso foi denunciado pela Promotoria de Justiça de Panorama, com base em um inquérito policial que constatou evidências de que o indiciado havia molestado duas sobrinhas, de oito e dez anos.

O delegado da Polícia Civil em Panorama, Eliandro Renato dos Santos, disse ao G1 que as investigações do caso tiveram início há cerca de quatro meses, quando um homem, morador da cidade de Ouro Verde, foi indiciado e preso por estupro. No entanto, as investigações continuaram e constataram que outro tio, que morava com as meninas, também molestava as garotas.

“No fim do ano passado, acabamos apurando e prendemos um homem que, constantemente, vinha na casa de parentes em Panorama com a desculpa de visitá-los, mas na verdade ele vinha estuprar as sobrinhas, que são irmãs. No curso do inquérito, havia outro tio e começamos a investigar o caso. As vitimas foram removidas para um lar de crianças em Inúbia Paulista, foram ouvidas e falaram que este outro tio não chegou a ter conjunção carnal, mas passava a mão nas partes íntimas delas. Submetemos as irmãs ao exame pericial e à análise psicológica, que contataram que, de fato, já haviam sido vítimas de relação sexual”, explicou o delegado.

Ainda de acordo com Santos, as meninas foram removidas ao abrigo por determinação judicial, por causa da vulnerabilidade a que estavam expostas na residência, na qual moram vários parentes.
Conforme a Polícia Civil, o preso foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá, para posterior remoção a uma unidade prisional específica.

G1/Prudente
15:00:02

De sua opinião