Piqué faz post com Neymar e indica permanência

 

Após tantas idas e vindas, Neymar deve permanecer no Barcelona. Uma publicação feita por Piqué, neste domingo (23), indica que o astro brasileiro não vai trocar de clube nesta janela de transferências. Ele foi assediado pelo Paris Saint-Germain e esteve no olho do furacão nos últimos dias, mas a atuação do zagueiro, tratado pela torcida como “presidente” pela sua identificação e importância no clube, parece ter definido a situação.

A publicação é curta, com duas únicas palavras. “Se queda”, escreveu o zagueiro. Na língua espanhola, a mensagem é afirmativa, sendo usada para tratar de fatos consumados. Por isso, a maior parte dos seguidores do zagueiro interpretou a mensagem como um anúncio da permanência.

Imediatamente a fotografia foi curtida por Rakitic e Denis Suárez, outros dois companheiros de Neymar no Barça. Segundo informações dos jornais espanhóis, o elenco azul e grená foi todo mobilizado pela diretoria do clube para tentar convencer o camisa 11 de não sair para o PSG.

De acordo com a rádio RAC1, Piqué chegou a procurar Neymar por algumas explicações sobre a situação. Teria cobrado o craque por um posicionamento em meio a tantas especulações e também avisado que, se o brasileiro fosse embora, estaria desrespeitando o Barcelona.

O interesse do PSG não é novidade, mas a possível ida de Neymar surgiu como bomba na última terça-feira (18), quando o canal Esporte Interativo anunciou que ele havia fechado com os franceses. Desde então, a história ganhou manchetes no mundo inteiro, com muita gente cravando a transferência e garantindo que o time parisiense pagaria a multa rescisória de 222 milhões de euros (cerca de R$ 812,5 milhões)

O próprio Neymar não fez questão de dar fim à especulação: quando teve oportunidade de esclarecer tudo em entrevistas, preferiu se calar. Teve o mesmo comportamento nas redes sociais, o que só fez a tensão crescer no Barcelona. Oficialmente, no entanto, o clube sempre disse que o craque não estava à venda e que confiava na permanência.

Uol

12:00:01

De sua opinião